Última hora

Última hora

Turquia nega deportação de refugiados para a Síria

Em leitura:

Turquia nega deportação de refugiados para a Síria

Tamanho do texto Aa Aa

A Turquia nega a deportação de refugiados na sequência dos incidentes no campo de Akcakale, mas testemunhas afirmam ter visto centenas de sírios a serem transportados em autocarros até à fronteira.

O Alto Comissariado para os Refugiados das Nações Unidas declarou estar “muito preocupado” com os relatos que dão conta de “sérios incidentes e de possíveis deportações”.

A porta-voz de António Guterres explicou que “se aconteceram, as deportações para a Síria são contrárias aos princípios do direito internacional”. O Alto Comissariado recorda que “os refugiados têm a responsabilidade de respeitar a lei na Turquia” e encoraja o “sistema de justiça da Turquia a aplicar a lei para punir crimes que sejam cometidos”.

Quarta-feira registaram-se algumas escaramuças, a que a polícia respondeu com canhões de água. As fontes divergem sobre se os confrontos foram provocados pela morte de uma criança num incêndio numa tenda ou porque os guardas barraram a entrada no campo a cerca de 200 refugiados.