Última hora

Última hora

Moscovo teme descontrolo na Coreia do Norte

Em leitura:

Moscovo teme descontrolo na Coreia do Norte

Tamanho do texto Aa Aa

A guerra entre Pyongyang e Washington é para já de palavras, mas a Coreia do Norte diz estar ponta para passar à ação.

O regime norte-coreano garante estar preparado para atacar os Estados Unidos e as bases militares norte-americanas na Coreia do Sul e no Pacífico.

Os mísseis estão posicionados. A decisão foi tomada durante uma reunião de emergência entre o líder norte-coreano e os generais do país.

A China e a Rússia apelam à calma.

O ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguei Lavrov, considera que a recente decisão do Conselho de Segurança das Nações Unidas de endurecer o regime de sanções à Coreia do Norte foi a adequada, mas alerta para a possibilidade da situação ficar descontrolada e cair num ciclo vicioso.

Pyongyang ameaçou atacar alvos norte-americanos depois de dois bombardeiros terem realizado um voo de treino entre os Estados Unidos e a Coreia do Sul.

Uma demonstração de força segundo os analistas, um ultimato na opinião de Kim Jong-un.

Os especialistas consideram que o cenário de guerra é pouco provável. Para já a invasão de Pyongyang é feita com recurso a vídeos de propaganda.