Última hora

Última hora

Ucrânia: Folclore e amor no metro

Em leitura:

Ucrânia: Folclore e amor no metro

Tamanho do texto Aa Aa

É o momento mais aguardado da semana para Natalya e Mykola. Dizem que não conseguem adaptar-se ao estilo de vida e formas de lazer do mundo atual, mas recordam muito bem como os fins de semana eram celebrados antes do tempo dos infinitos canais de televisão, internet e outras “modernices”. Fazem parte de um grupo de 200 reformados que, semanalmente, ruma ao átrio de uma estação de metro, em Kiev, para dançar e cantar.

A tradição já dura há mais de 20 anos, tempo durante o qual não poderiam deixar de florescer algumas histórias de amor:

“Vim uma vez para dançar. Estava triste e aborrecida nesse dia. Quando o baile estava para acabar, o Mykola veio pedir-me para dançar. Gostei dele e ele de mim. Foi amor à primeira vista. Desde esse dia, nunca mais nos separamos, e nem pensamos fazê-lo”, recorda Natalya.

O folclore tradicional da Ucrânia uniu Natalya e Mykola há 5 anos, um dos mais de 20 casais para quem a música conduziu ao amor.