Última hora

Última hora

Estado de guerra: Coreia do Norte lança ofensiva retórica

Em leitura:

Estado de guerra: Coreia do Norte lança ofensiva retórica

Tamanho do texto Aa Aa

Nova ofensiva retórica de Pyongyang. Esta madrugada, a Coreia do Norte anunciou, ao mundo, “estar a entrar em estado de guerra” com a Coreia do Sul e com os Estados Unidos.

A comunicação foi interpretada como uma declaração de guerra. No entanto, e até ao momento não há registo de ações militares.

Um porta-voz do ministro da Defesa sul-coreano diz que as ameaças feitas pelo país vizinho são inaceitáveis e que prejudicam a paz e a estabilidade na península coreana.

As ameaças subiram de tom depois do Conselho de Segurança da ONU ter reforçado as sanções contra a Coreia do Norte em resposta ao teste nuclear realizado em fevereiro. Dias depois, Pyongyang declarou nulo o armistício assinado com Seul que pôs fim à guerra coreana entre 1950 e 1953. Ontem, o regime anunciou ter em posição de ataque mísseis com destino aos Estados Unidos e a alvos norte-americanos na Coreia do Sul e no Pacífico.