Última hora

Última hora

Itália continua sem governo

Em leitura:

Itália continua sem governo

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente Napolitano decidiu aproveitar o fim de semana de Páscoa para um periodo de refelxão após consultas com os principais partidos para tentar conciliar as exigências da esquerda e da direita numa governo de coligação.

O vice-presidente do Partido Democrático, Enrico Letta lembra: “Os contrastes mais fortes e os confrontos entre as forças políticas nos últimos anos não são desejáveis para buscar uma grande coaligação entre os partidos políticos tradicionais. Esta não seria a escolha de mudança que o país pediu.”

O movimento de Beppe Grilo, que canalizou o voto de protesto contra partidos tradicionais e contra a austeridade, continua a rejeitar qualquer aliança com a esquerda ou direita. “Nós repetimos a nossa determinação para não dar um voto de confiança para o governo político ou pseudo-tecnocrata. Estamos prontos para votar leis individuais no parlamento que respeitem o nosso programa, incluindo a reforma da lei eleitoral, anti-corrupção e leis sobre conflito de interesse “

Foi por isso em vão que o presidente Georgio Napolitano, de 87, ainda realizou ontem uma rápida ronda de conversações com as três principais forças no Parlamento após o fracasso de um semana de esforços por parte de centro-esquerda.