Última hora

Última hora

Dezenas de greves de fome em Guantánamo

Em leitura:

Dezenas de greves de fome em Guantánamo

Tamanho do texto Aa Aa

Há uma onda de greves de fome entre os prisioneiros de Guantánamo. A denúncia foi feita pelo advogado de um dos reclusos que apresentou queixa por maus tratos – temperaturas baixas e água potável racionada – uma alegada forma de pressão por parte da direção da prisão para que o protesto termine.

De acordo com a mesma fonte, 130 reclusos estão em greve de fome, o pentágono apenas admitiu a existência de pouco mais de 30.

O protesto teve origem numa alegada confiscação de bens e a profanação de exemplares do Corão por parte das autoridades prisionais.

Desde 2002 que a prisão de Guantánamo acolhe suspeitos de terrorismo e de participação no 11 de setembro. O presidente Barack Obama prometeu encerrá-la, mas até à data metade dos 166 reclusos ainda não tem acusação formada.