Última hora

Última hora

Lideres do Kosovo e Sérvia reunidos em Bruxelas

Em leitura:

Lideres do Kosovo e Sérvia reunidos em Bruxelas

Tamanho do texto Aa Aa

Em clima de otimismo por um lado, e de alguma apreensão, por outro, decorre em Bruxelas a oitava ronda de negociações entre o Kosovo e a Sérvia.
Com a mediação da União Europeia, as duas partes tentam chegar a acordo sobre o reconhecimento do Kosovo enquanto independente.
À chegada ao encontro, Hashim Thaci, Primeiro-ministro do Kosovo, garantiu que “estamos aqui hoje para chegar a um acordo entre o Estado do Kosovo e a Sérvia, um acordo que fará avançar o Estado do Kosovo, a Sérvia e toda a região numa perspectiva europeia. Pristina vai apresentar propostas que são compatíveis com a Constituição e as leis do Estado. Queremos uma uma boa relação de vizinhança e que termine o período de conflito.”

Mas o norte do território, Mitrovica, é o grande ponto de divergência.
Belgrado tem reclamado para esta zona um estatuto especial, com alguma autonomia, ou seja, com um governo próprio que inclua o controlo da polícia e da justiça. Mas nesta altura, já há poderes que funcionam de forma autónoma, como a justiça.

Nikola Kabasic é presidente do Tribunal de Mitrovica, que segue as leis sérvias, e lembra que” nas situações em que as decisões judiciais são tomadas e deveriam ser implementadas, não existe o suporte da polícia para as aplicar.”

Já a polícia é a única instituição kosovar tolerada no norte do território. Mas também reclama falta de cooperação com os poderes judiciais e políticos que dominam a região. Besim Hoti, porta-voz da política kosovar em Mitrovica, explica que “as instituições locais deveriam ajudar a polícia do Kosovo. De qualquer forma, nós também não conseguimos aplicar uma lei que não é seguida pelas autoridades, o que nos deixa numa situação difícil de gerir.”

Mas uma solução deve ser tomada muito em breve: recorde-se que a normalização das relações com o Kosovo é uma das condições impostas à Sérvia para o início das conversações oficiais sobre a adesão à União Europeia.