Última hora

Última hora

EUA mobilizam batalhão químico para a Coreia do Sul

Em leitura:

EUA mobilizam batalhão químico para a Coreia do Sul

Tamanho do texto Aa Aa

Desde 2004 que o 23º Batalhão Químico dos Estados Unidos não pisava solo sul-coreano. A escalada da tensão motivou o seu regresso. Na base militar de Camp Stanley, cerca de 250 soldados exemplificaram os procedimentos em caso de ataque com armas químicas ou biológicas.

O comandante do batalhão explica a natureza da missão: “a nossa atividade consiste na deteção dos perigos químicos, na descontaminação, em tudo o que puderam ver nestas manobras, assim como proceder a operações de gestão de danos na República da Coreia. É nisso que estamos focados.”

Para além deste reforço, Washington, que já tem perto de 30 mil soldados na Coreia do Sul, mobilizou navios de guerra e ordenou a instalação de um escudo de defesa anti-míssil na ilha de Guam, no Pacífico.