Última hora

Última hora

Crise económica mata em Itália

Em leitura:

Crise económica mata em Itália

Tamanho do texto Aa Aa

Um casal de idosos suicidou-se, derrotado pelas inúmeras dificuldades financeiras dos últimos dois anos e impossibilitado de continuar a pagar a renda.

Os corpos de Anna Sopranzi de 68 anos e de Romeo Dionisio de 62, foram encontrados enforcados em casa, na localidade de Civitanova, na região costeira do Mar Adriático.

Este responsável político local lamentou o drama e exorta as pessoas à reflexão.

“Eles eram uma família tranquila, normal, muito digna. Há ano e meio que tiveram uma seqüência de problemas sobre os quais devemos refletir: a burocracia, o sistema nacional de pensões, o trabalho clandestino, trabalho sem salário: todos estes fatores arruinaram esta família, apesar dos empréstimos que haviam contraído.

Ao saber da notícia o irmão de Anna Sopranzi, de 73 anos também acabou por se suicidar por afogamento neste Cais.

De acordo com uma sondagem recente 70% dos italianos têm uma situação económica pior do que no ano passado. Três em cada cinco estão a gastar as economias reunidas ao longo da vida.