Última hora

Última hora

Em La Plata depois das cheias a revolta

Em leitura:

Em La Plata depois das cheias a revolta

Tamanho do texto Aa Aa

O governo da Argentina decretou três dias de luto nacional pela memória de 57 pessoas mortas nas inundações na província de Buenos Aires.

A cidade de La Plata foi a mais afetada. Só aqui pelo menos 49 pessoas pederam a vida e mais de 20 estão ainda desaparecidas.

A população sente-se abandonada à sua sorte face à ausência de acções de apoio por parte das autoridades lcoais e centrais.

Esta sexta-feira centenas de agentes federais e militares foram enviados para ajudara os moradores que motaram eles próprios a guarda durante a noite para evitar as pilhagens.

sot … Não, nós não recebemos qualquer assistência, a única coisa que existe é a San Martin Club, onde a Cruz Vermelha fica e onde colocamos nossos nomes para ver se pelo menos eles podem dar-nos um colchão.”

Uma das prioridades é a saúde pública devido à falta de canalização de água potável comida.

A rede elétrica ficou danificada e assim a a rede de esgotos

Mais de 300 pessoas passaram a noite no abrigo, incluindo muitas crianças.

A Cruz Vermelha assumiu as primeiras acções desde a manhã de ontem sem ter recebio até ao momento qualquer poio do governo.