Última hora

Última hora

Bangladesh: protesto de islamitas termina em violência

Em leitura:

Bangladesh: protesto de islamitas termina em violência

Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de um milhão de islamitas juntaram-se no centro de Daca, a capital do Bangladesh para exigirem o enforcamento de bloguistas ateus por considerarem que o que escrevem, nomeadamente nas redes sociais, é blasfematório.

Há anos que o debate é tenso na blogosfera, mas em fevereiro assumiu proporções sangrentas com a morte de um bloguista, decapitado com uma faca de mato. O protesto foi convocado pelo grupo Hefajat-e-Islam que defende a criação de uma lei anti blasfémia de treze pontos, entre os quais o enforcamento para os bloguistas ateus.

A manifestação decorria de forma relativamente pacífica até que grupos de estudantes decidiram organizar uma contramanifestação. Os ânimos exaltaram-se e a polícia não conseguiu evitar os confrontos entre os dois campos.

Vários operadores de blogues do Bangladesh anunciaram na quinta-feira a suspensão das publicações em forma de protesto contra o movimento de repressão do governo que visa os autores em linha. A decisão foi tomada depois da detenção de quatro bloguistas esta semana, acusados de terem escrito blasfémias contra o Islão e contra o profeta Maomé.