Última hora

Última hora

EUA: pílula do dia seguinte acessível a jovens de todas as idades

Em leitura:

EUA: pílula do dia seguinte acessível a jovens de todas as idades

Tamanho do texto Aa Aa

As jovens norte-americanas já podem comprar a pílula do dia seguinte sem receita médica, independentemente, da idade.

A decisão da justiça está longe de ser consensual tanto a nível político como religioso.

Para os defensores, a contraceção de emergência é uma questão de necessidade e não de idade.

“É difícil estabelecer um limite, mas é certo que as mulheres de todas as idades precisam de ter acesso à contraceção de emergência. Sobretudo, quando os médicos não estão disponíveis – fins de semana, férias – e o acesso à pílula resolve o problema” afirma Tamika Auguste do Colégio de Obstetrícia e Ginecologia.

O presidente, Barack Obama, defende restrições no acesso à pílula do dia seguinte, à semelhança dos grupos conservadores do país.

“Na prática estamos a dizer às crianças do Estados Unidos que podem usar a pílula, o que é irónico já que na escola precisam da autorização dos pais para tomar uma aspirina. Esta situação não tem lógica e deve preocupar mães e filhas porque abre a porta de Pandora: a pedófilos, predadores, prostitutas. Enfim, acesso ilimitado à interrupção da gravidez com recurso a drogas e sem supervisão” refere Alison Howard, Diretora de Comunicação do grupo conservador antiaborto, Concerned Women For America.

Recorde-se que a contraceção de emergência atrasa ou impede a ovulação e previne a fertilização, mas não interrompe a gravidez se a mulher já estiver grávida.