Última hora

Última hora

Fabius propõe força permanente de 1000 homens e confirma calendário de retirada e eleições no Mali

Em leitura:

Fabius propõe força permanente de 1000 homens e confirma calendário de retirada e eleições no Mali

Tamanho do texto Aa Aa

Em visita ao Mali, o chefe da diplomacia francesa propôs deixar no país uma força permanente de mil soldados para combater o terrorismo. Laurent Fabius confirmou, juntamente com as autoridades malianas, a retirada de metade dos 4000 mil efetivos franceses da operação “Serval” nos próximos três meses e o compromisso com a realização de eleições legislativas e presidenciais a 7 e 21 de Julho.

Fabius garantiu que “as eleições terão lugar em Julho. Ninguém, incluindo a classe política, propôs algo diferente e é importante que sejam realizadas na data prevista”.

Mas há quem duvide da capacidade do governo interino para organizar o escrutínio, face à instabilidade persistente no norte do Mali e aos mais de 400 mil deslocados.

Um residente de Bamako diz que, apesar de tudo, “os jovens malianos estão prontos para as eleições”.

A intervenção francesa permitiu retomar o norte do país, controlado por grupos islamitas desde Abril de 2012. Os extremistas prometem voltar à ofensiva depois da retirada francesa.