Última hora

Última hora

Montenegro: presidenciais deste domingo favoráveis ao chefe de Estado

Em leitura:

Montenegro: presidenciais deste domingo favoráveis ao chefe de Estado

Tamanho do texto Aa Aa

Os pouco mais de meio milhão de eleitores do Montenegro são chamados às urnas este domingo para escolherem um novo presidente.

Um escrutínio que, no entanto, poderá não trazer mudanças, já que o atual chefe de Estado e candidato do Partido Democrático dos Socialistas, no poder, é o grande favorito. Segundo as sondagens, Filip Vujanovic, obterá cerca de 55 por cento dos votos, uma vantagem de cerca de dez pontos em relação ao rival, Miodrag Lekic.

O antigo diplomata apresenta-se como candidato independente, mas é apoiado pelas formações da oposição.

Lekic acusa o atual chefe de Estado de ser um mero funcionário do governo, que responsabiliza pela corrupção, pelo crime organizado e pela fraqueza das instituições.

Apesar dos estudos de opinião desfavoráveis ao candidato independente, um residente da capital diz esperar que, destas eleições, saia “um novo presidente que traga mudanças e que desmantele o atual sistema”.

Outro afirma que “o novo presidente precisa de fazer algumas mudanças, para que o país avance para uma situação melhor, porque está há 23 anos na mesma”.

Uma vitória de Vujanovic fortalecerá o governo de Milo Djukanovic, que iniciou em Junho do ano passado as negociações de adesão à União Europeia.