Última hora

Última hora

Egito: Funeral de cristãos coptas reacende tensão interreligiosa

Em leitura:

Egito: Funeral de cristãos coptas reacende tensão interreligiosa

Tamanho do texto Aa Aa

O Egito volta a ser palco de violência interreligiosa, durante o funeral dos quatro cristãos coptas mortos há dois dias, durante o tiroteio que opôs cristãos e muçulmanos, em Al-Khoussousa, a norte da capital.

Pelo menos uma pessoa morreu, este domingo, frente à catedral de São Marcos, no Cairo, durante o cortejo fúnebre, marcado por palavras de ordem contra o presidente Mohamed Morsi.

A polícia foi obrigada a intervir para tentar parar o lançamento de pedras e de cocktails molotof, que opõs os cristãos, refugiados na catedral, a um grupo de atacantes oculto nos telhados dos edifícios nas imediações.

Segundo o ministério do Interior, na origem dos confrontos estariam os milhares de participantes do cortejo, que teriam destruído várias viaturas dos residentes do bairro.

Desde a queda do regime de Osni Mubarak e a subida ao poder do governo islamita moderado que a tensão entre as duas comunidades é responsável por mais de meia centena de mortes no país.