Última hora

Última hora

"A Croácia não tem alternativa senão aderir à UE"

Em leitura:

"A Croácia não tem alternativa senão aderir à UE"

Tamanho do texto Aa Aa

A espiral da crise, as taxas recorde de desemprego, a confiança perdida – quem quer ainda aderir à União Europeia? A Croácia, após dez anos de intensas negociações. À partida, é no dia 1 de julho que os croatas têm encontro marcado com o destino. Para falar sobre este tema, convidámos o embaixador croata na Bélgica e Luxemburgo, Mario Nobilo.

Na opinião do diplomata, apesar de a Europa não estar no seu melhor momento, “a Croácia não tem alternativa senão aderir à União Europeia. Historicamente, fazemos parte da Europa. A Croácia viveu um conflito recentemente e o projeto europeu é o da cooperação pacífica. Há também outra ideia inerente: a estabilidade regional. E a Croácia pode tornar-se num novo membro com uma missão específica em relação ao seu quadro regional.”

Quanto à eventualidade de o país se tornar num novo foco de problemas, devido ao elevado desemprego e ao crescimento reduzido, Nobilo responde: “temos um potencial enorme, estamos nos 70% da média europeia. Não me parece que a Croácia seja um novo problema, nem financeiro, nem a outro nível. Pelo contrário.”

A previsão do embaixador relativamente ao próximo país a juntar-se ao bloco europeu recai sobre o Montenegro.