Última hora

Em leitura:

Coreia do sul eleva nível de alerta para "ameaça vital"


Coreia

Coreia do sul eleva nível de alerta para "ameaça vital"

A Coreia do sul e os Estados Unidos elevaram, esta noite, os respetivos níveis de alerta face à ameaça, renovada ontem por Pyongyang, de uma guerra “termonuclear”.

Fontes em Washington, citadas pelos media norte-americanos, consideram que o país poderia efetuar um novo teste a qualquer momento, depois de ter instalado dois mísseis Musudan de longo alcance junto à costa leste do país.

Em Seul, desde esta noite sob o nível de alerta 2, relativo a uma “ameaça vital”, uma habitante afirma:

“A situação não é boa, mas muita gente prefere ignorar a situação, pois estamos habituados às ameaças repetidas da Coreia do norte”.

Apesar dos alegados preparativos para uma situação de guerra, a hora é para já, de “contra-provocação”, a estratégia posta em prática por Seul e Washington para responder às ameaças de Kim Jong-un, mas sem recorrer ao conflito militar.

A China decidiu, esta noite, encerrar o principal posto fronteiriço com a Coreia do Norte à passagem de turistas, depois de Pyongyang ter convidado ontem os cidadãos estrangeiros a abandonarem o país.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Portugal: possível remodelação do governo antes de exames do Ecofin e da Troika