Última hora

Última hora

Sigilo bancário no Luxemburgo termina em 2015

Em leitura:

Sigilo bancário no Luxemburgo termina em 2015

Tamanho do texto Aa Aa

O Luxemburgo vai, a partir de 2015, partilhar os dados relativos a contas bancárias de não-residentes, que se encontram neste momento sob sigilo bancário. A notícia foi divulgada pelo primeiro-ministro luxemburguês, Jean-Claude Juncker. Que explicou que a troca automática de informação bancária não vai causar grandes danos.

O Luxemburgo e a Áustria são os únicos Estados-membros que não aplicam esta medida de controlo da informação bancária.

Jean-Claude Juncker afirmou que “se o governo mudou de posição sobre este tema, não foi por causa da pressão europeia. Mas a verdade é que essa pressão existiu, uma vez que 25 dos 27 Estados-membros são a favor desta troca automática de informação”.

Para além da pressão europeia existiu também a pressão dos Estados Unidos, uma vez que, a partir deste ano, o chamado US Foreign Account Tax Compliance Act exige aos bancos que notifiquem os serviços de impostos dos Estados Unidos sobre todos os seus clientes americanos.