Última hora

Em leitura:

Oposição síria pede armas ao G8


Reino Unido

Oposição síria pede armas ao G8

A tensão na Coreia do Norte e o conflito sírio dominam a reunião dos ministros dos negócios estrangeiros dos países do G8 reunidos desde quarta-feira em Londres.

William Hague, reunido com os seus homólogos japonês e norte-americano, garantiu que as discussões centram-se na “prevenção dos conflitos e na resolução das suas consequências”.

As primeiras reuniões bilaterais tiveram como tema dominante a Síria e a possibilidade, defendida por Reino Unido e França de fornecer armas aos rebeldes, que deverá ser discutida esta quinta-feira.

Uma proposta que continua a ser rejeitada pela Rússia, aliada do regime de Bashar al-Assad, apesar da insistência da oposição síria que, em Londres, renovou o pedido de assistência militar.

Único consenso para já, o de enviar ajuda humanitária aos milhões de afetados do conflito, dentro e fora da Síria. A decisão sobre o envio de armas aos rebeldes poderá ter de esperar até à próxima reunião do chamado grupo de “amigos da Síria”, agendada para o dia 20 de abril, na Turquia.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Dívida espanhola inquieta Bruxelas