Última hora

Última hora

Segregação sexual no muro das lamentações em debate

Em leitura:

Segregação sexual no muro das lamentações em debate

Tamanho do texto Aa Aa

A segregação sexual no muro das lamentações em Jerusalém está a ser alvo de um debate na sociedade israelita. As mulheres não podem usar as vestes tradicionais e estão proibidas de oral em voz alta.

Mas esta quinta-feira várias mulheres de um grupo liberal desafiaram as autoridades e os religiosos ultraortodoxos. Cantaram as preces em voz alta e utilizaram vestes tradicionais. Cinco mulheres foram detidas.

“Penso que isto implica acima de tudo as verdadeiras intenções do governo israelita. E infelizmente podemos ver que não há igualdade de oração num local plural para mulheres e homens rezarem no muro”, afirma Tamar Zandberfg, deputada de um partido da oposição no parlamento.

Entretanto as autoridades israelitas propuseram um plano para criar uma nova secção mista no muro ocidental onde homens e mulheres possam rezar em conjunto.