Última hora

Última hora

Venezuela elege sucessor de Chávez

Em leitura:

Venezuela elege sucessor de Chávez

Tamanho do texto Aa Aa

Últimos sons da campanha presidencial na Venezuela. Nicolás Maduro, o herdeiro de Hugo Chávez , encerrou a campanha perante milhares de apoiantes na cidade de Trujillo.

Maduro disse que irá reconhecer os resultados mesmo que o povo eleja “um burguês”, mas que se a população “eleger um filho de Chávez, um trabalhador para presidente, a decisão do povo também deve ser respeitada”.

Domingo, cerca de 19 milhões de venezuelanos são chamados às urnas para eleger o sucessor de Hugo Chávez..

Depois da derrota nas presidenciais de outubro passado, Henrique Capriles encheu avenidas e estádios durante esta campanha forçada na sequência da morte do antigo presidente.

A semana de campanha foi agressiva, com trocas de acusações entre os candidatos e alguns confrontos entre apoiantes que, na quarta-feira, provocaram nove feridos em Mérida, no final do comício de Capriles.

O candidato da oposição afirma que, apesar das ameaças, “aconteça o que acontecer, no domingo, milhões de venezuelanos vão votar por um novo presidente”. Os ‘chavistas’ descrevem Capriles como um “fantoche dos Estados Unidos” que vai privatizar a companhia de petróleo e adotar uma política neoliberal “contra o povo”.

As sondagens dão Maduro como o grande favorito, mas com o desaparecimento do homem que dirigiu a Venezuela nos últimos 14 anos, tudo pode acontecer.