Última hora

Última hora

Kim Jong-un: "gostava de basquetebol e jogos de vídeo"

Em leitura:

Kim Jong-un: "gostava de basquetebol e jogos de vídeo"

Tamanho do texto Aa Aa

Ameaças, troca de acusações e posições de força. A crise na Península Coreana domina a atualidade e Kim Jong-un é, por estes dias, um dos nomes mais falados em todo o mundo. Mas do líder norte-coreano no poder há pouco mais de 12 meses pouco se sabe. O jornalista Titus Plattner revela algumas facetas do jovem Kim Jong-un quando estudou na Suiça.

“Durante muito tempo, acreditámos que ele só ficou na escola pública de Liebefeld entre 1998 e 2001. Mas encontrei nos arquivos federais o registo de inscrição com carimbo das pessoas que se fizeram passar pelos pais isto porque estava na Suíça com o nome falso de Houn Pak. Os registos datam desde 1991 primeiro em Genebra e depois em Berna. Estes são documentos dos arquivos federais com o nome dos dois irmãos: Chol Pak e Houn Pak e, ainda, de uma irmã mais nova.

Estava, visivelmente, muito ocidentalizado. Gostava de basquetebol e jogos de vídeo. Vestia-se como os outros alunos, talvez com mais roupas de marca porque tinha mais recursos financeiros. Era um aluno discreto e estava muitas vezes ausente. Não assistiu a muitas aulas, mas recebia educação em casa.

Source: Titus Plattner – www.lematin.ch

A Alemão, matemática, cultura, arte, trabalho e economia tinha sempre nota mínima. Alguns dos professores que sabiam quem ele era, acreditavam que ia seguir a linha de tolerância ensinada na Suíça. Mas os anos que passou em escolas militares fez com que mudasse muito” afirma Plattner.

Para os analistas Kim Jong-un mais não é que o rosto de um regime controlado pela velha guarda.