Última hora

Última hora

Egito: Julgamento de Mubarak adiado

Em leitura:

Egito: Julgamento de Mubarak adiado

Tamanho do texto Aa Aa

O ex-presidente egípcio, Hosni Mubarak, voltou a sair, esta manhã, do tribunal sem que o julgamento tivesses tido início.

O presidente do coletivo de juizes recusou dar início à primeira audiência e enviou o caso a um tribunal de recurso, que deverá proceder à escolha de novos juizes.

O juiz Mustafa Hassan Abdallah tomou esta decisão após uma forte contestação por parte de vários advogados, que o acusam de não ter legitimidade para levar a cabo este julgamento, por ter presidido ao tribunal que julgou e ilibou os arguidos do processo da revolta, que levou à queda do regime de Mubarak.

Em fevereiro de 2011, em plena revolta popular, partidários do presidente, montados em camelos e cavalos, atacaram milhares de manifestantes que exigiam o fim do regime. O tribunal ilibou-os, em outubro de 2012.