Última hora

Última hora

Guerra das listas entre Moscovo e Washington

Em leitura:

Guerra das listas entre Moscovo e Washington

Tamanho do texto Aa Aa

A Rússia divulgou este sábado uma lista com 18 norte-americanos impedidos de entrar no país.

Segundo Moscovo, os referidos norte-americanos estão “implicados em violações dos direitos humanos”.

Esta ação é uma represália à publicação de uma outra lista de pessoas alvo de sanções económicas norte-americanas pela presumível implicação na morte do advogado russo Sergei Magnitsky.

“A guerra das listas não é uma escolha nossa, mas não podemos permitir tal chantagem. Chegou o momento de os políticos em Washington perceberem que é fútil ter relações com a Rússia à luz de um espírito tutor completamente ditatorial”, disse um porta-voz do ministério russo dos Negócios Estrangeiros.

Os Estados Unidos anunciaram na sexta-feira sanções económicas contra 16 russos pela sua presumível implicação na morte do advogado e dois chechenos por outras violações dos direitos humanos.

Advogado da luta contra a corrupção na Rússia, Sergei Magnitsky morreu numa prisão de Moscovo em 2009, depois de ter sido torturado.