Última hora

Última hora

John Kerry na China à procura de soluções para a Coreia

Em leitura:

John Kerry na China à procura de soluções para a Coreia

Tamanho do texto Aa Aa

Depois de Seul, o secretário de Estado norte-americano está de visita a Pequim. John Kerry foi tentar convencer as autoridades chinesas a intervir junto do regime de Pyongyang e a promover o diálogo entre as duas coreias.

Kerry encontrou-se com o ministro chinês dos Negócios Estrangeiros, Wang Yi, antes de se reunir com o presidente, Xi Jinping.

Shin Yinhon, perito em questões americanas de uma universidade chinesa considera que a tensão na peninsula obriga os Estados Unidos e a China a falarem diretamente. Pequim tem interesse em evitar medidas radicais por parte de Washington. “As consultas podem ser benéficas”, defende, “mas não é garantido que tragam a paz à peninsula”.

Os Estados Unidos estimam que a China, único aliado da Coreia do Norte na região, deve utilizar a sua influência para acalmar os impetos belicistas de Pyongyang.

Na Coreia está também o secretário geral da NATO, Anders Fog Rasmussen.

Especula-se que a Coreia do Norte poderá estar a preparar um lançamento de míssil por volta de 15 de abril, data do aniversário do fundador do país, Kim il Sung, avô do líder atual, Kim Jong un.