Última hora

Última hora

Início da instrução do caso Costa Concordia

Em leitura:

Início da instrução do caso Costa Concordia

Tamanho do texto Aa Aa

Começaram em Grosseto em Itália as audiências de instrução do caso do paquete Costa Concórdia, naufragado no ano passado.

6 pessoas, incluindo o comandante do navio, podem ser constituídas arguidas. O processo só deverá ter início em Outono.

O advogado das vítimas tem já uma ideia de quanto será pedido de indemnização.

“Tanto quanto sabemos as últimas negociações chegaram aos 27 mil euros, como última oferta da Costa Crociere. Nós vamos pedir um milhão de euros para cada passageiro.”

No acidente morreram 32 pessoas. O advogado de defesa usa da ironia para comentar a intenção do advogado das vítimas.

“Porque não 10 milhões de euros? Não seria nada mau. Depois haveria uma corrida aos cruzeiros na esperança de haver um acidente. Depois as pessoas seriam salvas e seguiam a sua vida com os problemas diários de cada um resolvidos. Que tontaria”.

O ministério público pretende que o comandante do Costa Concórdia seja acusado de homicídio involuntário, por alegadamente ter provocado o naufrágio e ter abandonado o navio antes de todos os passageiros terem saído.