Última hora

Última hora

Fações venezuelanas em "pé de guerra"

Em leitura:

Fações venezuelanas em "pé de guerra"

Tamanho do texto Aa Aa

As duas principais fações políticas venezuelanas estão nas ruas em pé de guerra por causa das eleições presidenciais que deram uma vitória tangencial ao candidato no poder, Nicolas Maduro.

Nas ruas de Caracas foram mesmo registados confrontos com as autoridades. Os apoiantes de Henrique Capriles, que ficou a 265 mil votos da vitória, acusam a fação rival de fraude e dizem-se indignados com a decisão da comissão eleitoral de não proceder a uma recontagem de votos.

Capriles insistiu novamente na recontagem ao dizer que, “como os dois principais candidatos pensam ter vencido, toda a gente tem direito a uma recontagem”.

Nicolás Maduro reagiu à violência registada e apontou o dedo ao adversário. “Você, o candidato amarelo, você é o responsável por tudo isto porque não respeitou os resultados, por causo do seu capricho.”, Declarou.

Nas crises políticas em 2002 e 2004, o país conheceu graves distúrbios políticos, sociais e também institucionais durante dias no país.