Última hora

Última hora

Itália: Governo de Monti sob pressão dos sindicatos

Em leitura:

Itália: Governo de Monti sob pressão dos sindicatos

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de manifestantes protestaram na segunda-feira em frente ao parlamento italiano em Roma ao mesmo tempo que os sindicatos ameaçaram avançar para a greve.

Em causa está o facto de o governo persistir em acabar com o esquema de fundo de desemprego temporário em vigor, por falta de verbas.

“Estamos cansados de protestar e de nos manifestarmos para termos um subsídio de desemprego que mal dá para sobreviver. Não queremos sobreviver queremos viver dignamente com o nosso trabalho”, disse um dos manifestantes.

“Vou embrulhar-me em explosivos e virei aqui, uma vez que está destinado que devo morrer, que tenho de me sacrificar para acordar a opinião pública, acordar o povo. Se é um gesto degradante, o desespero leva a fazer tudo”, afirmou um outro.

O governo provisório de Mario Monti está sob pressão para encontrar 1,5 mil milhões de euros para garantir o pagamento a cerca de 700 mil trabalhadores enviados para casa temporariamente com uma redução do salário.

Denominado “cassa integrazione” este esquema é participado pelo estado e por empresas para ajudar empregadores em crise temporária.