Última hora

Última hora

Relatório UE: 5% dos produtos de carne de vaca contêm carne de cavalo

Em leitura:

Relatório UE: 5% dos produtos de carne de vaca contêm carne de cavalo

Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de 5% dos produtos etiquetados como carne de vaca na União Europeia contêm carne de cavalo. Esta é a principal conclusão dos primeiros resultados do controlo realizado pela Comissão Europeia.

A investigação revela também que para além do ADN de cavalo, 0,6% das amostras analisadas continham fenilbutazona, um inflamatório proibido na cadeia alimentar.

Tonio Borg, comissário europeu da Saúde explica que “As sanções já existem. O que estamos a propor, que foi aceite por todos, é que as penas sejam semelhantes aos ganhos obtidos com a fraude.”

Entre março e abril foram realizados 4.300 inspeções nos Estados-membros.

Em França de 353 testes realizados, 47 deram positivo em ADN de cavalo. Em Itália, de 454 análises, 93 também foram positivas.

O escândalo da venda de carne de cavalo rebentou na Irlanda, em janeiro, altura em que as autoridades detetaram vestígios de carne de cavalo em alguns produtos rotulados como contendo carne de vaca em vários supermercados.

Depois desta descoberta foram retirados outros produtos, como lasanha e hambúrgueres, das prateleiras de diversas superfícies comerciais em toda a Europa.