Última hora

Última hora

Ataques de Boston sem pistas privilegiadas

Em leitura:

Ataques de Boston sem pistas privilegiadas

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades norte-americanas prometeram “caçar até ao fim do mundo” os autores do duplo atentado na Maratona de Boston, que matou três pessoas e feriu mais de 175.

As explosões foram preparadas minuciosamente mas os investigadores não dispõem ainda de elementos para designar qualquer suspeito nem privilegiar pistas em particular.

A pista dos radicais islâmicos ou de grupos ultraradicais de extrema direita são tidas em linha de conta.

Sobre os explosivos descobriram, na cena do crime, duas panelas de pressão escondidas dentro de sacos, repletas de esferas de aço e pregos.

“Eu fiquei realmente impressionada pela forma como as pessoas em Boston reagiram a tudo e se uniram para se apoiarem e seguir em frente a partir deste evento. Eu vim hoje ver o estado atual das coisas é muito bom ver o apoio que as pessoas trouxeram “. “Eu me sinto-e seguro. Isto certamente não vai mudar a minha vida. Espero voltar aqui para a maratona, era para ter vindo este ano, mas as datas do evento não me permitiram. Tive sorte. Mas sim, sinto-me seguro. “

O correspondente da Euronews em Boston explica: “Os bombistas deixaram uma assinatura no modo como cortaram o fio, pelo material explosivo que usaram, pelo modo como colocaram os elementos juntos. Os investigadores esperam que a tampa da panela de pressão que foi encontrada ofereça mais alguns indícios.Entretanto ainda ninguém reivindicou os ataques”.