Última hora

Última hora

Obama: "responsáveis pelo ataque de Boston serão encontrados"

Em leitura:

Obama: "responsáveis pelo ataque de Boston serão encontrados"

Tamanho do texto Aa Aa

Barack Obama garante que a cidade de Boston perseverá face à tragédia e que os responsáveis pelo duplo atentado de segunda-feira serão encontrados.

A Catedral da Sagrada Cruz, em Boston, acolheu esta tarde uma cerimónia interreligiosa em memória das vítimas do ataque junto à meta da maratona na cidade norte-americana.

Uma cerimónia emotiva e rodeada de importantes medidas de segurança, que contou com a participação do presidente norte-americano e da Primeira Dama. Para além do chefe de Estado e da esposa, estiveram presentes o antigo governador do Massachussets, Mitt Romney, adversário de Obama nas presidenciais de 2012, o atual governador do Massachussets, Deval Patrick, o presidente da Câmara de Boston, Thomas Menino, bem como outros líderes políticos e religiosos de Boston.

Também estiveram presentes familiares de pelo menos uma das três vítimas mortais do duplo atentado, Krystle Campbell, de 29 anos. Para além de Campbell, o ataque custou a vida a Martin Richard, de oito anos e Lu Lingzi, uma estudante chinesa, de 23 anos, e fez 176 feridos.

Obama frisou que os responsáveis pelo atentado “tentaram intimidar, aterrorizar e abalar os valores que fazem dos norte-americanos aquilo que são, mas agora deve ser perfeitamente claro que escolheram a cidade errada para fazê-lo. Não em Boston!”.

Desde o início do primeiro mandato, Obama participou com pesar em várias cerimónias deste tipo, nomeadamente depois dos tiroteios em Newtown, no Connecticut, em Dezembro do ano passado; em Aurora, no Colorado, em Julho de 2012; em Tucson, no Arizona, em Janeiro de 2011 e em Fort Hood, no Texas, em Novembro de 2009.