Última hora

Última hora

Boston apreciou a visita de Barack Obama, apesar das circunstâncias trágicas que a motivaram.

Em leitura:

Boston apreciou a visita de Barack Obama, apesar das circunstâncias trágicas que a motivaram.

Tamanho do texto Aa Aa

Junto à Catedral da Santa Cruz, centenas de pessoas reuniram-se na esperança de verem o presidente norte-americano, que tem uma relação pessoal com a cidade. Obama estudou em Harvard e foi também em Boston que iniciou a caminhada para a Casa Branca com o discurso na convenção democrata em 2004.

“Estou contente por ele ter vindo falar. Penso que demonstra a solidariedade do país e que todos os olhos se viram para Boston, neste momento. É um grande apoio e acredito que vamos apanhar os responsáveis”, adiantou uma das presentes.

“O seu coração está com o povo da nação e ele aparece sempre que é preciso. E, em Boston, havia essa necessidade”, acrescentou outra popular.

“No seu todo, a América tem a sorte de ter um presidente que, ainda há uns meses, foi a Newtown, no Connecticut, encontrar-se com os familiares das vítimas que estavam em enorme sofrimento. Hoje faz o mesmo por nós”, concluiu uma habitante.

Ainda sem grandes novidades no inquérito às explosões, Obama marcou presença junto dos que sofrem e pedem justiça.

Segundo o enviado da euronews, “a população de Boston apreciou que o presidente os tenha vindo confortar nestes dias de dor. Os habitantes orgulham-se de ter um caráter forte e resistente, mas soube-lhes bem receber o apoio do homem que reelegeram há cinco meses. Se apenas as tragédias que atingiram a América, esta semana, parassem”. (Stephan Grobe – euronews)