Última hora

Em leitura:

Dzhokhar Tsarnaev: o suspeito do "boné branco" dos atentados de Boston


EUA

Dzhokhar Tsarnaev: o suspeito do "boné branco" dos atentados de Boston

Chama-se Dzhokhar Tsarnaev e tem 19 anos e é o homem que a polícia norte-americana tenta capturar em Watertown desde esta manhã.

A imagem do estudante de medicina, acompanhado pelo irmão de 26 anos, tinha sido difundida ontem pelas autoridades norte-americanas como a de um potencial suspeito dos atentados.

As imagens captadas pelas câmaras de vigilância mostravam Dzhokhar e o irmão, de boné negro, com mochilas às costas, a atravessarem a zona onde ocorreu uma das explosões, na reta da meta da maratona de Boston.

Segundo fontes policiais, os dois irmãos teriam sido criados na Chechénia, antes de viajarem para os Estados Unidos, há cerca de cinco anos, com a família, depois de uma curta passagem pela Turquia.

Tanto o adolescente como o irmão mais velho, morto esta manhã eram considerados alunos e desportistas brilhantes, Dzhokhar tinha conseguido uma bolsa de Cambridge para prosseguir os estudos, e Tamerlan tinha interrompido os estudos de engenharia para preparar as provas de seleção para a equipa olímpica norte-americana de boxe.

O pai dos dois irmãos afirmava esta manhã à agência de notícias russa que os filhos teriam caído numa “armadilha do FBI só por serem muçulmanos praticantes”.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Faleceu o designer gráfico Storm Thorgerson