Última hora

Última hora

EUA: Autoridades continuam a investigar os irmãos Tsarnaev

Em leitura:

EUA: Autoridades continuam a investigar os irmãos Tsarnaev

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades norte-americanas suspeitam que os irmãos Dzhokar e Tamerlan Tsarnaev, ambos de origem chechena, terão atuado sozinhos nos atentados da maratona de Boston.

Contudo, pretendem apurar se Tamerlan, que morreu num tiroteio com a polícia na madrugada de quinta para sexta-feira, foi influenciado pelas ideias do islamismo radical na visita que realizou no ano passado ao Daguestão, onde vive a família.

Anwar Kazmi, da Sociedade islâmica de Boston conhecia-o:

“Apenas podemos descrevê-lo como um visitante não frequente. Quando digo visitante, quero dizer que vinha às orações de sexta-feira apenas durante o último ano e meio”, disse.

Quanto ao irmão sobrevivente, é descrito como sociável por um conhecido:

“Gostava de fumar, de raparigas e bebeu em algumas das festas em que apareceu, por isso não era um solitário. Era bastante sociável. Não faz sentido nada do que se passou”, afirmou um colega estudante.

Dzhokar Tsarnaev foi internado no hospital Beth Israel de Boston na sexta-feira após ter sido detido quando se encontrava escondido num barco num pátio traseiro de uma casa em Watertown, nos subúrbios de Boston.

Dzhokar foi capturado vivo mas tem lesões na garganta que poderão impedi-lo de falar.

O FBI e a CIA não leram ao jovem os direitos conhecidos como “Miranda Rights”, uma situação excecional aplicada a casos em que está em causa a segurança pública.