Última hora

Última hora

Ai Weiwei sobe ao palco

Em leitura:

Ai Weiwei sobe ao palco

Tamanho do texto Aa Aa

A nova peça sobre o artista chinês Ai Weiwei estreou no Teatro Hampstead, em Londres. É baseada no livro “Hanging Man” de Barnaby Martin, sobre os 81 dias que Wewiwei passou na prisão em 2011.

A peça de Howard Brenton tem por base conversas por vezes surreais, divertidas ou assustadoras, em que o artista descreveu esta fase da sua vida.

Howard Brenton, argumentista: “Ai Weiwei foi preso durante 81 dias em 2011. Na altura da Primavera Árabe foi escolhido com muitas outras pessoas na China e pensou-se que tinha desaparecido no sistema para sempre, que nunca seria visto novamente. Mas 81 dias depois, foi libertado, um pouco confuso. A sua libertação foi, de certa forma, um mistério, então tentei dramatizar não só o que aconteceu com ele, no relato que deu a Barnaby Martin, mas como os oficiais decidiram libertá-lo, qual foi o debate ao mais alto nível do governo nacional.”

Howard Brenton: “Quando pediu que fosse escrito, para meu imenso alívio gostou do guião. Enviou-o de volta com alguns nomes chineses e erros corrigidos e fez uma declaração a dizer que apoiava a peça. Estou muito consciente de que não é perigoso para mim escrevê-la, é perigoso para ele que eu a escreva, mas é a sua escolha e é um privilégio fazer parte deste projeto.”

Ai Weiwei é um artista aclamado internacionalmente e perseguido pelo sistema chinês. A peça está em cena em Londres, até 18 de maio.