Última hora

Última hora

Reeleição do presidente italiano impulsiona bolsas

Em leitura:

Reeleição do presidente italiano impulsiona bolsas

Tamanho do texto Aa Aa

A bolsa de Milão regista hoje a maior subida no continente europeu. O índice MIB subia mais de 2%, a meio do dia, com os investidores otimistas quanto ao fim do impasse político.

O setor bancário italiano e francês, fortemente exposto à dívida transalpina, estão hoje em forte alta.

O analista Edoardo Liuni explica que “os operadores internacionais acolheram com agrado a reeleição do presidente Giorgio Napolitano e esperam o fim do impasse político que, há várias semanas, bloqueia Itália e, ao mesmo tempo, os investidores internacionais”.

Lisboa, Madrid e Atenas seguiam no encalço, com subidas acima de um por cento.

O PSI-20 ganhava 1,33%, destacando-se a forte subida do BCP, após a saída do banco do mercado grego.

O euro está mesmo assim em queda, num 1,30 dólares.

Já as matérias-primas continuam em maré de ganhos. Em Londres, o barril de Brent voltou aos 100 dólares e a onça de ouro supera os 1430 dólares.