Última hora

Última hora

Voos da Lufthansa em terra

Em leitura:

Voos da Lufthansa em terra

Tamanho do texto Aa Aa

A companhia aérea alemã Lufthansa anulou 1700 voos previstos para hoje devido à greve do pessoal de terra.

A segunda paralisação, desde março, foi decidida depois do sindicato Verdi, que representa 33 mil trabalhadores, não ter chegado a acordo com a empresa sobre o valor do aumento salarial.

“A oferta da Lufthansa nem sequer uma oferta é. O que eles fazem são exigências, ou seja, pedem mais trabalho por menos dinheiro” afirma um grevista.

A estrutura sindical pede aumento na ordem dos cinco pontos percentuais. A Lufthansa não vai além dos 0,6 por cento.

Os passageiros esperam e desesperam:

“Não compreendo esta greve. Eles querem um aumento salarial, mas não se importam com 10 mil passageiros. Não posso mudar o meu bilhete porque ninguém está a trabalhar. Isto é muito mau.”

Os aeroportos de Frankfurt e de Munique são os mais afetados pela greve.

Os passageiros podem pedir o reembolso do bilhete ou marcar um novo voo através do site da companhia.