Última hora

Última hora

Iraque: Ministro sunita demite-se após assalto do exército a acampamento de protesto

Em leitura:

Iraque: Ministro sunita demite-se após assalto do exército a acampamento de protesto

Tamanho do texto Aa Aa

A violência sectária não pára de fazer vítimas no Iraque. Perto de três de pessoas morreram em confrontos entre a polícia e manifestantes sunitas acampados próximo de Kirkuk, 170 km a norte de Bagdade.

Na sequência da acção do exército, o ministro da Educação demitiu-se. Foi o terceiro sunita a abandonar o governo desde Março.

O exército iraquiano tomou esta madrugada de assalto um acampamento de protesto sunita, próximo de Kirkuk, depois de expirar o ultimato dado pelas autoridades para os manifestantes entregarem os responsáveis pela morte de um soldado na semana passada.

Um dos manifestantes afirma que quando “o exército entra nas cidades provoca sectarismo” e portanto pede ao “governo para retirar as tropas das cidades”.

Os confrontos de hoje em Kirkuk fizeram ainda cerca de 70 feridos. O governo chegou entretanto a acordo para a realização, em Julho, de eleições em duas províncias de maioria sunita, no norte do país, que têm sido palco dos principais protestos contra o governo do primeiro-ministro xiita, Nouri al-Maliki.