Última hora

Última hora

Musharraf responde em tribunal por conspiração para matar Bhutto

Em leitura:

Musharraf responde em tribunal por conspiração para matar Bhutto

Tamanho do texto Aa Aa

Pervez Musharraf compareceu hoje pela primeira vez em tribunal para responder por conspiração para matar Benazir Bhutto. O ex-presidente do Paquistão foi presente a um tribunal antiterrorismo em Rawalpindi.

A audiência de Musharraf esteve rodeada por fortes medidas de segurança que não conseguiram evitar alguns confrontos à porta do tribunal entre advogados, hostis ao ex-presidente, e apoiantes do general na reforma.

Musharraf regressou ao Paquistão em março, após um exílio de quatro anos. No sábado, as autoridades prolongaram por mais duas semanas a prisão domiciliária do antigo presidente.

Segunda-feira, o governo interino considerou não ter mandato para julgar Musharraf por traição. A justiça acusa o general de conspiração no atentado que matou Benazir Bhutto, em 2007. Musharraf chegou ao poder na sequência de um golpe de Estado em 1999 e demitiu-se da presidência do Paquistão em 2008.