Última hora

Última hora

Falso 'tweet' alerta para os perigos que enfrenta a sociedade da informação

Em leitura:

Falso 'tweet' alerta para os perigos que enfrenta a sociedade da informação

Tamanho do texto Aa Aa

“Duas explosões na Casa Branca. Obama ferido”. Bastou esta mensagem falsa na conta do Twitter da Associated Press para lançar momentaneamente o pânico em Wall Street e recordar os perigos que enfrenta o sistema de trocas de informação em que assenta a sociedade ocidental.

O ataque informático a uma das principais agências de notícias do mundo foi reivindicado pelo autodenominado Exército Eletrónico Sírio (Syrian Eletronic Army no original) em forma de “protesto contra a cobertura que os meios de comunicação ocidentais” têm feito do conflito na Síria. O grupo de ‘hackers’, que diz apoiar o regime de Bashar al-Assad, afirma que as “notícias enganadoras (difundidas pela imprensa ocidental) prejudicaram a Síria e os sírios”.

O falso ‘tweet’ lançou o pânico na bolsa. Durante os três minutos que passaram até começarem a ser publicados desmentidos, Wall Street caiu a pique quase 1%, limpando por alguns momentos cerca de 100 mil milhões de euros do índice Standard & Poors 500.

O FBI e a SEC, a Comissão de Valores Mobiliários estão a investigar o ataque. A agência que regula os mercados financeiros norte-americanos quer compreender o que se passou e verificar que nenhum investidor foi prejudicado.