Última hora

Última hora

Espanha já tem mais de 6 milhões de desempregados

Em leitura:

Espanha já tem mais de 6 milhões de desempregados

Tamanho do texto Aa Aa

Mais de 6 milhões de pessoas estavam desempregadas em Espanha no primeiro trimestre deste ano.

As estatísticas oficiais, divulgadas hoje, colocam o desemprego nos 27,16%, o valor mais alto de que há registo e acima do que era esperado pelos analistas.

Mais de 6,2 milhões de pessoas estão sem emprego, o que promete alimentar a discussão sobre a necessidade, ou não, de aliviar as medidas de austeridade. O desemprego jovem subiu mais de 2% para 57,22%.
São perto de 2 milhões, as famílias em que todos os membros estão desempregados e muitas delas temem perder a casa porque já não têm condições para pagar o empréstimo.

A população pede ao governo para “fazer qualquer coisa” porque o desemprego não pára de subir. No primeiro trimestre do ano, mais 237 400 pessoas ficaram sem emprego na quarta maior economia europeia que, nos últimos cinco anos, viu o número de desempregados aumentar 4 milhões.

“Se fizerem mais cortes e se aumentarem a idade da reforma, como se tem ouvido, não sei onde é que as coisas vão parar”, é uma frase cada vez mais escutada nas ruas de Espanha.

Mariano Rajoy apresenta amanhã um novo plano de reformas em que promete não aumentar os impostos.

Para hoje está convocada uma manifestação que quer ‘cercar o parlamento’ espanhol.