Última hora

Última hora

França procura trabalhadores

Em leitura:

França procura trabalhadores

Tamanho do texto Aa Aa

Encontrar emprego em França é missão impossível? A pergunta é legítima face aos números do desemprego. França tem 3,2 milhões de pessoas sem trabalho, um recorde. Mas na realidade não é bem assim. Há empresas que têm dificuldades em contratar.

A associação patronal garante que há muitos postos vagos na restauração, hotelaria, comércio, transporte e indústria.

Maël Bernier trabalha no setor bancário e a empresa também tem dificuldades, mesmo propondo contratos para o quadro: “Com 3,2 milhões de desempregados, nem todos vão dizer não. Há talvez uma inadequação entre as necessidades e o perfil dos desempregados. Não compreendo porquê. Procuramos pessoas com formação universitária, com diplomas técnicos e comerciais, mesmo jovens sem experiência. Por isso, deveríamos ter muitas candidaturas. Não há explicação”.

De acordo com os recentes dados do patronato francês, nos últimos três meses do ano passado, houve mesmo 112 mil postos de trabalho que foram eliminados por falta de candidatos e 250 mil outros foram preenchidos mas com dificuldade.

O correspondente da euronews em Paris, Giovanni Magi, evoca “as duas faces do mercado laboral francês. De um lado um desemprego recorde e do outro a disponibilidade de empregos. Um paradoxo que pesa sobre as perspetivas de retoma da economia”.