Última hora

Em leitura:

Presidente da entidade croato-muçulmana da Bósnia detido por suspeita de corrupção


Bósnia-Herzegovina

Presidente da entidade croato-muçulmana da Bósnia detido por suspeita de corrupção

O presidente da Federação da Bósnia e Herzegovina foi detido esta sexta-feira, juntamente com outros 19 responsáveis regionais.

Zivko Budimir foi interpelado no quadro da operação de maior envergadura contra a corrupção no país desde a independência da Bósnia, há mais de duas décadas.

Presidente da entidade croato-muçulmana da Bósnia, Budimir é suspeito de ter recebido subornos de até 40 mil euros para indultar pessoas condenadas por diferentes delitos.

O vice-presidente Mirsad Kebo tinha pedido à Justiça para examinar a legalidade dos processos de amnistia concedidos nos últimos dois anos.

Budimir está no centro de uma crise política, por ter recusado a aprovação de uma remodelação do governo regional e por estar a adiar a nomeação de juízes para o Tribunal Constitucional.

mundo

Suspeito do atentado de Boston transferido do hospital para a prisão