Última hora

Última hora

Tribunal russo recusa liberdade antecipada para integrante das Pussy Riot

Em leitura:

Tribunal russo recusa liberdade antecipada para integrante das Pussy Riot

Tamanho do texto Aa Aa

A Justiça russa recusou a libertação antecipada de uma das duas integrantes da banda punk contestatária Pussy Riot que se encontram na prisão. Nadezhda Tolokonnikova, que cumpriu oito meses de uma pena de dois anos, tinha interposto um recurso, na esperança de obter liberdade condicional para cuidar da filha, de cinco anos.