Última hora

Última hora

Alemanha: Namoro entre SPD e Verdes no congresso ecologista

Em leitura:

Alemanha: Namoro entre SPD e Verdes no congresso ecologista

Tamanho do texto Aa Aa

Os Verdes alemães denunciam a política de austeridade de Angela Merkel. Creditada com cerca de 15% das intenções de voto, a terceira força política alemã está, este fim de semana, reunida em congresso, para definir o programa do partido para as eleições de setembro. Os verdes apostam num aumento dos impostos dos mais ricos e numa melhor política ambiental.

“Na realidade, nós, os verdes, somos o partido da economia, porque estamos conscientes da interdependência histórica entre a economia e a ecologia”, afirma Claudia Roth, a copresidente do partido, que acrescenta: “Isto é a base para a nossa sociedade do século XXI.”

Uma sociedade que os verdes querem construir com os social-democratas. Coisa inédita, o líder do SPD, Sigmar Gabriel, discursou no congresso dos Verdes, onde atacou a CDU da chanceler: “Trata-se de operar uma mudança no nosso país e também na Europa, de escolher outro caminho e de pensar no amanhã, no que queremos para os nossos filhos e para os nossos netos. Temos de trazer estes valores de volta para a política. A CDU faz política sem pensar no futuro.”

O SPD tem cerca de 25% das intenções de voto, e os ecologistas querem acreditar num novo governo verde e vermelho.