Última hora

Última hora

Presidente da Federação Muçulmana-Croata da Bósnia detido por suspeita de corrupção

Em leitura:

Presidente da Federação Muçulmana-Croata da Bósnia detido por suspeita de corrupção

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente da Federação Muçulmana-Croata da Bósnia, Zivko Budimir, foi detido esta sexta-feira com mais 18 pessoas no âmbito de uma operação contra a corrupção.

A ação levada a cabo foi a de maior envergadura desde a independência daquele país, há mais de duas décadas.

“Apenas posso dizer que agentes da polícia procederam a uma busca no gabinete, apreenderam algum material e detiveram o presidente de acordo com um mandado do Procurador-Geral”, disse a porta-voz do presidente.

Zivko Budimir é suspeito de ter recebido subornos para amnistiar condenados, nomeadamente por tráfico de droga.

O vice-presidente Mirsad Kebo tinha pedido para ser examinada a legalidade das amnistias concedidas nos últimos dois anos.

Budimir está no centro de uma crise política, por ter recusado uma remodelação do governo regional e estar a adiar a nomeação de juízes para o Tribunal Constitucional.