Última hora

Última hora

Tiroteio em Roma deixa brigadeiro em estado crítico

Em leitura:

Tiroteio em Roma deixa brigadeiro em estado crítico

Tamanho do texto Aa Aa

À hora a que decorria a tomada de posse do novo executivo italiano, um homem disparou contra os agentes da ordem que garantiam a segurança da sede do governo italiano e feriu dois “carabineiri”.

O homem, um desempregado de 49 anos, originário da Calábria, vestido com um fato e gravata, foi detido pela polícia. Segundo as autoridades, trata-se um ato isolado de um homem desesperado, sem qualquer relação com o terrorismo.

Uma mulher grávida, que passava na rua, terá sido atingida por um dos cartuchos, duma das oito balas de uma arma de pequeno calibre que o homem disparou.

Quanto aos agentes, um, de 30 anos, ficou gravemente ferido numa perna, mas não corre perigo de vida.

O outro, um brigadeiro de 50 anos, foi atingido no pescoço e, segundo a Amalia Allocca, médica do hospital Umberto I, está em estado grave: “As análises demonstraram que, durante o trajeto, o projétil lesou a coluna vertebral cervical do brigadeiro. Estamos a fazer mais análises mas o prognóstico é reservado.”

Ainda segundo o corpo clínico, será preciso esperar 72 horas antes de um novo prognóstico.