Última hora

Última hora

Bangladesh: Autoridades sepultaram 18 vítimas não identificadas

Em leitura:

Bangladesh: Autoridades sepultaram 18 vítimas não identificadas

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades do Bangladesh sepultaram 18 pessoas não identificadas vítimas do desabamento há uma semana de um edifício onde operavam várias fábricas de vestuário.

Foram preparadas mais de oito dezenas de sepulturas para acolher eventuais corpos não identificados que se encontram ainda sob os escombros.

Enquanto as autoridades atualizavam o balanço da tragédia para mais de 400 mortos, cerca de 140 desaparecidos e quase 2500 feridos, milhares de trabalhadores saíram para a rua em pleno Dia do Trabalhador, voltando a exigir a pena de morte para os proprietários das fábricas.

“Exigimos salários que nos permitam viver. Com os salários que nos pagam é muito difícil viver. No Dia do Trabalhador também exigimos aos proprietários das fábricas que mataram os trabalhadores uma compensação total”; disse uma dirigente sindical.

O acidente levou a que as multinacionais ocidentais sejam acusadas de colocar os lucros à frente da segurança em países onde pagam menos de 40 dólares por mês aos trabalhadores.

Referindo-se a esses casos, o papa Francisco condenou as situações de “trabalho escravo” no mundo.