Última hora

Última hora

França e Itália: Frente comum pelo crescimento na Europa

Em leitura:

França e Itália: Frente comum pelo crescimento na Europa

Tamanho do texto Aa Aa

O novo primeiro-ministro italiano, Enrico Letta, prosseguiu hoje, em Paris, o seu primeiro périplo europeu.

E se ontem em Berlim, os diferentes pontos de vista da Itália e da Alemanha para ultrapassar a crise não passaram despercebidos; hoje, no Eliseu, foi a concórdia que marcou os espíritos.

Na conferência de imprensa, no final do encontro com François Hollande, Letta afirmou que os dois falaram de muitas questões, mas, sobretudo, da “necessidade de conseguir que durante o próximo conselho europeu, sem perda de tempo, a Europa possa estar em condições de escolher o crescimento, com a mesma determinação com que nos últimos meses e anos se bateu pela consolidação fiscal”.

Em sintonia, Hollande confirmou: “Temos, pois, a obrigação hoje de fazer o mesmo esforço, desta vez pelo crescimento, pela atividade económica, pelo emprego, particularmente o dos jovens”.

“O périplo europeu de Enrico Letta vai no sentido de reforçar a frente dos estados que defendem uma nova política mais orientada para o crescimento. Uma frente, na verdade, liderada pela França”, lembra o correspondente da Euronews em Paris.