Última hora

Em leitura:

Milhares de manifestantes em Madrid contra desemprego e austeridade


Espanha

Milhares de manifestantes em Madrid contra desemprego e austeridade

Em defesa do emprego e contra a austeridade. Foi este o lema da manifestação do Primeiro de Maio em Madrid, marcado por um horizonte económico sombrio e pela explosão do desemprego, que afeta mais de 27 por cento da população ativa em Espanha.

Milhares de pessoas desfilaram pelas ruas da capital, respondendo à convocatória dos principais sindicatos espanhóis.

Um manifestante diz que “os mais de seis milhões de desempregados e a perspetiva de que esse número continue a crescer” são razões suficientes para “sair à rua”.

Um desempregado afirma que “estão a tirar tudo ao povo, que no fim vai ficar sem direitos. Tudo aquilo que foi conseguido em 40 anos, vai ser retirado em quatro anos”.

Para além do protesto em Madrid, foram organizadas manifestações noutras oitenta cidades do país para, segundo os organizadores, denunciar “o falhanço das políticas de austeridade” do governo de Mariano Rajoy.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Alemanha: Trabalhadores de terra e Lufthansa chegam a acordo